terça-feira, 29 de março de 2011

Sobrinha de peixe, peixinha é

- Mamãe, quando eu tiver 7 anos eu vou trabalhar muito igual você. - Ah é, filha! E o você vai trabalhar em quê? - De fazer de conta que é lobo mau, de fazer de conta que é chapeuzinho!

quinta-feira, 24 de março de 2011

Mais um carnaval...

Tocou na banda e pulou com a mamãe no Bloco da Favinho


Saiu de Frida no bloco da cobal




Pulou de jogadora de futebol do Goiás no baile dos amiguinhos da Lagoa



Saiu de baianinha no bloco Zona Só




Saiu de princesa e sambou muito no Cordão do Boitatá...


video




segunda-feira, 14 de março de 2011

Perguntei à Rosa:
- Filha, você quer ir pra casa descansar um pouco ou quer ir direto pra casa da Tia Silvânia.
- Quero ir pra tia Silvânia porque ela tá morrendo de saudade de mim!
- Mas você não tá cansada, não?
- Mamãe, quando eu tiver cansada eu falo assim ó "Mamãe, tô cansada, quero tetê". Tá bom?
- Tá!
E dito e feito, foi assim mesmo.

Ado, ado, ado, cada um no seu quadrado

Vovó Helena falou que ia embora e ia morrer de saudades:
- Como que eu faço, Rosa? Você vem comigo pra Brasília?
- Eu vou vovó. Maaas cada um na sua casa!

sábado, 5 de março de 2011

sexta-feira, 4 de março de 2011

As conclusões da Rosinha

Quando a Rosa estava em Brasília, era comum a gente ouvir o Bento dizer toda hora que ele era grande e que ela era pequena.
Pois bem, a vovó Lena chegou no Rio contando que quando a Rosa foi embora o Bento disse à vovó assim:
- Vovó Lena, eu também sou criança pequena, sabia?
A Rosa ouviu isso e eu nem vi.
No outro dia, pela manhã, ela estava na cozinha com o papai fazendo sua vitamina, quando disparou o primeiro assunto do dia:
- Papai, você sabia que o Bento mudou de ideia. Agora ele é criança pequena!